Afinal, você sabe o que é DVR e NVR?

Você certamente já ouviu falar do DVR (gravador de vídeo digital) ou do NVR (gravador de vídeo em circuito de rede) em serviços de câmeras de segurança. Em um sistema de videomonitoramento analógico, a gravação das imagens acontece em um computador ou DVR/NVR instalado diretamente no local. 

Mas você conhece suas particularidades? Listamos abaixo um pouco do conceito dos dois tipos de gravadores e quais são suas principais características. Confira a seguir!

DVR e o NVR em sistemas de câmeras de segurança

Existem no mercado duas opções de armazenamento local para os sistemas de segurança de circuito fechado de televisão (CCTV): o DVR e o NVR. Os dois dispositivos são semelhantes, pois ambos fazem a captura de imagens de vídeo. No entanto, eles têm diferenças nas configurações, compatibilidade de câmera e no processamento dos dados.

O DVR faz a conversão dos sinais das câmeras de segurança analógica para um formato digital visível que pode ser armazenado em um disco rígido. Já os gravadores de vídeo são conectados às câmeras analógicas através de cabos coaxiais, o que significa que todas as gravações são processadas e armazenadas localmente e que eles não são conectados a uma rede da mesma maneira que os sistemas mais modernos.

Desvantagens dos sistemas de câmeras com DVR e NVR

  • Evolução da tecnologia

Os sistemas de segurança tradicionais que usam DVR e NVR acabaram ficando obsoletos. Na compra do sistema, eles podem até apresentar recursos bem robustos, mas que podem ficar defasados ao longo do tempo, principalmente ao pensarmos na evolução da tecnologia atual. As atualizações podem se tornar cada vez mais frequentes e podem exigir um suporte técnico especializado mais frequente para fazer manutenção.

  • Segurança comprometida

As imagens geradas pelo DVR e NVR são gravadas em discos rígidos que podem apresentar falhas e te deixar na mão justamente no momento em que você mais precisa. Na maioria das vezes, a identificação das falhas vai acontecer justamente naquela hora em que for acionada uma ocorrência de roubo ou furto no espaço monitorado.

Sem contar que os equipamentos DVR e NVR podem ser mais facilmente furtados, sabotados ou danificados. Todo o investimento em infraestrutura do seu sistema de câmera de segurança pode acabar sendo perdido e você certamente não quer isso.

  • Falta de flexibilidade

Tanto os sistemas DVR quanto os NVR necessitam estar localizados perto de uma fonte de energia. Desse modo, as empresas contam com opções limitadas de locais para instalá-los. As gravações também precisam ser continuamente revistas já que que os gravadores de segurança DVR e NVR não utilizam conexões de rede.

Ao contrário dos sistemas NVR, que podem ser configurados sem fio, os sistemas DVR necessitam de conexões de cabo coaxial e fiação pesada. Esses cabos são grandes, difíceis de instalar em espaços apertados, não suportam áudio e não conseguem fornecer energia. O que fará com que seja preciso instalar fios extras para garantir o sucesso da operação das câmeras.

  • Baixa qualidade da imagem

Apesar dos sistemas de câmeras com DVR ou NVR serem mais baratos que as opções de câmeras inteligentes, eles geram imagens com uma qualidade muito menor. Vale avaliar se a empresa realmente precisa sacrificar a economia de custos no orçamento para ter menos clareza e detalhes na gravação das imagens. Para quem quer proteger seu negócio, a alta resolução das imagens certamente fará a diferença na proposta de valor do serviço.

Por que optar pela câmera de segurança em nuvem?

A tecnologia de câmeras inteligentes com armazenamento em nuvem é um conceito moderno nos serviços de vigilância. O DVR / NVR é substituído por um nanocomputador, também conhecido como Raspberry Pi, um pequeno aparelho de 10 centímetros que faz a transmissão das imagens de forma segura e criptografada para a nuvem. E assim, por meio do software de câmeras em nuvem, o usuário tem acesso à gravação de vídeo, armazenamento ilimitado das imagens, navegação pelo histórico, alertas inteligentes, visualização remota por logins diferentes e segurança cibernética. Além disso, todos os acessos são seguros e não consomem a banda de internet da empresa.

Fato é que todo o mercado de segurança está migrando para um sistema inteligente na nuvem. E você, onde está nesta grande transformação? 

Saiba mais sobre o sistema de Câmeras Inteligentes da Gabriel e prepare-se para dar adeus ao seu DVR / NVR.

Deixe uma resposta